o que fazer em garibaldi

O que Fazer em Garibaldi? Os 20 Melhores Passeios e Pontos Turísticos da Região

Maior da Serra
Brocker Turismo
Referência em turismo e receptivo na Serra Gaúcha, com dezenas de atividades
PONTOS POSITIVOS:
  • Uma das maiores empresas de turismo da Serra Gaúcha
  • Diversas opções de entretenimento, ingressos e passeios PREMIUM.
Brocker Turismo - Passeios e Atrações com Bons Preços

Visitar a Serra Gaúcha parece um roteiro preparado e oferecido a todo mundo, se você não conhece bem a região. Mas suas cidades são tão diversificadas quanto criativas em atrair as pessoas para elas.

Isso significa que, se você não pesquisar bem, uma preciosidade como Garibaldi pode ser mal explorada, o que é um desperdício e tanto.

Garibaldi faz parte de um circuito turístico, mas tem personalidade o suficiente para te entreter por dias e, quando você conhecer mais sua localização, é bem capaz de querer ficar por ali por muito mais tempo.

Pensando nisso, então, nós preparamos este pequeno guia para você dar um pulo em Garibaldi e garantir uma viagem muito mais completa à Serra Gaúcha.

Dica: O Aeroporto mais próximo é o de Porto Alegre (Salgado Filho).

O que Fazer em Garibaldi?

Apesar de ser considerada a capital nacional do espumante, Garibaldi traz muito mais do que uma bebida deliciosa como sua principal fonte de turismo.

Por isso, quando estiver planejando sua viagem à região, reserve pelo menos dois dias para conhecê-la.

Pois, com atividades repletas de romance, há um ar de cinema girando em torno da cidade.

Nada melhor, então, do que uma aventura por Garibaldi para comprovar o quanto a cidade merece sua estadia por lá.

1. Como Garibaldi entrou no mapa?

Garibaldi começou a ser povoada por imigrantes na segunda metade do século XIX, com sua emancipação acontecendo em 1884, mas foi somente em 1900 que ganhou o atual nome

De lá para cá, muita coisa mudou na capital dos espumantes, pois o Rio Grande do Sul se desenvolveu vertiginosamente, principalmente a partir dos anos 1960.

Foi nessa época que a região serrana começou a ganhar a visita de turistas de todos os cantos da América Latina.

Hoje, Garibaldi se transformou em uma das principais integrantes da Serra Gaúcha.

Mas sua importância se deve porque, como sua colonização foi quase que completamente italiana, a plantação de uvas deriva diversas bebidas, do vinho aos sucos, dos espumantes às essências.

ruas do centro de Garibaldi
Ruas do centro de Garibaldi a noite

2. Compras e Ações para Curtir em Garibaldi

Além das plantações de uva, que fazem com que Garibaldi seja referência na qualidade de suas terras e nas técnicas aplicadas, a cidade também traz a gastronomia como uma de suas principais atrações.

Desta forma, a importância ganha pela colonização italiana passou a significar muito mais do que o trabalho nas terras.

Se você está procurando por algo que vai além do óbvio, experimente os diversos guiamentos alternativos, que te apresentam o lado histórico da cidade.

Além de tudo isso, você também terá a oportunidade de conferir as belas peças artesanais da produção local, como a incrível produção de vidros.

3. Quais são as paradas obrigatórias a quem vai a Garibaldi?

Apesar de a cidade não precisar de muito para que você a localize no mapa, devido à importância que traz consigo na produção das bebidas com base na uva, é bem provável que você saiba pouco sobre este destino.

Pois, apesar de tudo, há cidades mais chamativas no circuito turístico, como Canela e Bento Gonçalves.

Por isso, que tal aproveitar este pequeno guia para conhecer as paradas obrigatórias de Garibaldi?

vinícola Peterlongo
Passeio pela Vinícola Peterlongo

4. As vinícolas do centro da cidade

Peterlongo, responsável pelo primeiro espumante nacional, é uma das vinícolas que ficam no centro de Garibaldi, o que é perfeito para você visitar, sem precisar de mais do que caminhar por suas calçadas.

Como curiosidade sobre essa vinícola, ela é a única fora da França a ter autorização a usar o termo ‘champagne’ para um espumante.

Outra vinícola que merece destaque é a Cooperativa Vinícola Garibaldi, com mais de 80 anos.

De fato, ela é perfeita para você acompanhar o processo de fabricação e embalagem de uma empresa que nasceu dos esforços dos moradores desta cidade muito antes de o turismo nascer ali.

Assim, aproveitar sua estadia para perambular pelo centro também vale uma visita a uma das formas de turismo que mais chamam a atenção para a cidade.

5. Como se impressionar ainda mais no Vale dos Vinhedos

É claro que, se você vai a Garibaldi, os passeios pelas vinícolas do Vale dos Vinhedos é essencial, por mais conhecidos que sejam.

Por isso, não perca a oportunidade. É possível, inclusive, se hospedar em várias delas, o que vai lhe garantir duas coisas: acesso irrestrito ao vinho e excelentes refeições.

Aproveite para se programar para aproveitar por um dia inteiro, o que vai te possibilitar a visitar cerca de duas ou três vinícolas, se for rápido.

O ideal é que você aproveite bem a região, o que merece ser feito em algum passeio pago, no qual você não precise dirigir.

6. Os patrimônios históricos de Garibaldi

Vale muito a pena participar de uma visita guiada, mesmo que seja paga, pelos diversos patrimônios históricos de Garibaldi, pois o nível de conservação merece aplausos.

Existem diversos guiamentos, então você pode se informar melhor em sua hospedagem, pedindo recomendações. Porém, tente aproveitar um que faça o tour completo: casas, capelas, prédios e placas.

E, se você quiser realmente mergulhar no tempo, faça o passeio do Ônibus Giallo, um veículo do tipo escolar, de 1987, igual ao dos filmes, o que vai, no mínimo, despertar sua curiosidade.

local gravado cena do filme
Local onde foram filmadas cenas do filme Decamerão

7. Rua Buarque de Macedo

É simplesmente nostálgico.

Um passeio pela Rua Buarque de Macedo merece a sua atenção, algo que você pode fazer com calma, em uma tarde, após o almoço, pois assim o sol também não lhe dará a chance de te cansar cedo.

Essa rua merece sua atenção porque ela mantém o estilo arquitetônico do século XIX, e que hoje tem toda a fiação subterrânea, para não atrapalhar a visão de uma das vias mais antigas do estado.

De quebra, há luminárias, bancos e flores espalhados por toda a calçada.

Com esse clima que mais parece ter vindo de um filme ou novela de época, aproveite a ocasião para visitar as lojas locais, que vendem de tudo.

De fato, você vai encontrar malhas, lembrancinhas, bebidas, queijos, mel, artesanato em madeira e outros derivados do leite. Mas vale lembrar que nenhuma das lojas abre aos domingos.

Uma dica bem interessante é fazer um bom passeio de tim-tim pelo centro histórico, um caminhão de guerra datado de 1944, adaptado para comportar os turistas que decidem visitar a região.

O passeio é organizado pela Secretaria de Turismo e Cultura de Garibaldi.

8. Vinícola Chandon

Considerada como uma das mais famosas e importantes produtoras de espumantes da história, a Moët & Chandon foi fundada na França em 1743 e hoje possui forte presença em Garibaldi, RS, justamente por possuir um campo agronômico perfeito para vinhos e espumantes de altíssima qualidade.

Se você decidir visitar a bela loja, poderá fazer um tour guiado por toda a vinícola, além de, claro, ter a oportunidade de fazer algumas degustações. A loja oferecerá seis rótulos para degustação, além de algumas dicas de harmonização.

Toda a história da produtora também será contada com diversos detalhes interessantes sobre a criação da marca, além de contarem mais sobre o processo de viticultura e os principais diferenciais da marca para as demais presentes no mercado.

Vale lembrar que o tour é gratuito, mas você deverá agendá-lo com extrema antecedência no site da Chandon.

9. Passeio de Maria-Fumaça na Serra Gaúcha

O passeio se inicia em Bento Gonçalves ou Carlos Barbosa, tendo uma parada em Garibaldi.

O passeio de Maria-Fumaça é considerado um dos mais tradicionais realizados na região. Durante o percurso, o visitante recebe algumas degustações de suco de uva, vinho e espumante. Todos acompanhados de muita animação ao som de uma boa música italiana.

Bem legal, não é?!

maria fumaça

10. Estrada do Sabor

Tenho absoluta certeza de que você já conseguiu perceber que, durante toda a sua visita à Garibaldi, boas comidas e bebidas são algo que não irão lhe faltar, não é mesmo?

Sendo assim, essa etapa do nosso passeio é feita através das residências dos agricultores locais, pois isso era um costume típico dos imigrantes italianos que ali viviam.

Se você decidir visitar o local, queira dar uma atenção especial ao Osteria Della Colombina, um local bastante agradável que não apenas lhe servirá um almoço de dar água na boca, como também lhe proporcionará experiências bem interessantes, como passeios e trilhas pelos pomares e parreirais da residência.

E tudo isso sem contar a Colombina, um quitute italiano que dá nome à casa, que cada visitante poderá fazer ao seu modo. Mas, fique atento, pois o local exige que você faça sua reserva com antecedência.

Outro ponto bem interessante e que poderá chamar a sua atenção, são suas diversas lojas de produtos, mas se engana quem acha que só encontrará espumantes e vinhos para se comprar. De fato, essas são as maiores especialidades da região, mas há também os salames, os queijos, os pães, as geleias e diversos outros produtos de origem orgânica.

11. Fenachamp

É claro que a capital brasileira do espumante não ficaria livre de uma festividade que realmente fizesse jus a esse status.

A Festa do Espumante brasileiro é um dos principais eventos de Garibaldi (RS) e a principal festividade do gênero no Brasil inteiro.

A festividade ocorre nos meses de setembro e outubro, apenas nos anos ímpares. O evento oferece, além de um grande número de espumantes, uma grande variedade de iguarias da gastronomia local, oficinas de negócios e apresentações de diversos artistas conhecidos nacionalmente.

12. Garibaldi Vintage

O evento é uma experiência nostálgica que remete aos turistas uma verdadeira viagem no tempo, levando-os de volta aos anos de 1920 a 1960.

O Garibaldi Vintage foi criado no ano de 2014 e conta com a presença de milhares de pessoas, todas caracterizadas com as principais peças de vestuário referentes aos anos 60, o que deixa toda essa experiência ainda mais linda.

O evento conta também com o que há de melhor na gastronomia local, além de, claro, contar com uma gama enorme de espumantes e vinhos diversos, tudo isso acompanhado de muita música.

13. Vidraçaria Madelustre

Um dos principais pontos turísticos de Garibaldi é, sem dúvidas, a vidraçaria Madelustre, popularmente conhecida como O Mundo do Vidro – Magia da Luz.

Fundada em 1984, a vidraçaria segue os conceitos de trabalho da escola Murano, mantendo toda a produção da Madelustre em madeira artesanal, seguindo à risca todos os conceitos de produção do vidro que vêm sendo passados através de várias gerações.

A fábrica oferece a seus visitantes uma experiência única de como são feitas as diversas produções de peças de vidro em altas temperaturas, além de contar um pouco sobre a história do material, desde sua descoberta, até os meios mais elaborados de se trabalhar com ele.

Madelustre também disponibiliza, logo no início da visitação, um vislumbre da maior taça de espumante de Garibaldi, produzida pela vidraçaria em 2013.

14. Bar da Sabedoria

Acredite: muitos visitantes decidem visitar o estabelecimento por causa de seu nome um tanto “diferente”.

O bar foi fundado em 1930 e o proprietário Eduardo Mantelli mantém as rédeas do bar desde sua fundação, há 41 anos.

O bar e armazém recebeu o nome de “Bar da Sabedoria” por conta dos muitos “filósofos” que frequentavam o bar, alegando saberem sobre tudo e sobre todos (um nome inusitado precisa de uma explicação tão inusitada quanto).

Um dos grandes atrativos do bar é por também pertencer ao roteiro histórico Passadas, podendo até mesmo ter seu trajeto feito a pé pelos visitantes através dos patrimônios históricos de Garibaldi.

15. Devorata Trufas Artesanais

Uma dica para lá de especial para os amantes de chocolates é a loja Devorata Trufas Artesanais.

A loja fica situada no centro da cidade, literalmente em frente à Cooperativa Garibaldi, mas caso você não a encontre de primeira, fique tranquilo: deixe-se levar pelo aroma do cacau que, na certa, você  encontrará.

Caso decida fazer uma visita por lá, fique a vontade para levar uma trufa (uma não, várias) da lojinha mais deliciosa de Garibaldi.

16. Mirante de Garibaldi

Seria um sonho se houvesse um lugarzinho especial que abrigasse uma vista maravilhosa da cidade de Garibaldi, não é mesmo? Mas espere… esse lugarzinho realmente existe!

O Mirante Bella Visione, ou popularmente conhecido como Mirante de Garibaldi, fica localizado no ponto mais alto da cidade, a Praça da Ermida Nossa Senhora de Fátima, que comporta uma vista panorâmica de toda a cidade.

O local também é uma excelente dica para aqueles que querem um momento apaixonante com o seu parceiro ou parceira, afinal de contas, é impossível não aproveitar o momento romântico oferecido por essa vista maravilhosa da cidade de Garibaldi ao fundo.

Vale dos Vinhedos

17. Vale dos Vinhedos

Que tal falarmos sobre um dos pontos mais tradicionais da história do enoturismo de Garibaldi?

Para falar um pouco sobre o Vale dos Vinhedos, será necessário fazer uma breve contextualização histórica. Voltaremos para o ano de 1870, no início da imigração italiana na cidade.

Os italianos, que ali chegavam, identificaram que as cidades de Garibaldi, Caxias do Sul e Bento Gonçalves não teriam estrutura para acomodar os imigrantes que vinham aos montes. Por isso, eles se viram diante da árdua missão de começarem suas vidas do absoluto zero.

Hoje, o Vale dos Vinhedos carrega boa parte dessa história, aliada também à tecnologia presente nos dias de hoje. O vale oferece uma vista belíssima, afinal de contas, só a região de Garibaldi ocupa cerca de 33% do vale.

Além de toda a alternância na tonalidade de cores que a região passa com o passar de cada estação do ano.

Mas os pontos de maior destaque para o Vale dos Vinhedos vão para sua hospitalidade e os serviços oferecidos pelos trabalhadores da região, isso sem contar nos passeios guiados e nas degustações de diversos vinhos, de qualidade acima da média, que são oferecidos aos visitantes.

18. Rota dos Espumantes

Chegou a hora de falarmos sobre o principal ponto turístico de Garibaldi e mostrar porque de fato, o município é consagrado a “capital do espumante”.

Desde que foi fabricado pela primeira vez, em 1913, o espumante brasileiro tem sido o principal chamariz dos turistas que decidem visitar Garibaldi, principalmente pela construção da história dos vinhos e espumantes que é contada até os dias de hoje.

Uma das histórias mais importantes que contam na Rota dos Espumantes diz respeito ao monge beneditino Don Perignon que, quando degustou pela primeira vez o espumante, alegou estar bebendo estrelas.

Durante o percurso através das grandes empresas e através das cantinas familiares, os turistas poderão visitar e adentrar por essas histórias encantadoras, além de terem a oportunidade de acompanhar os métodos Charmat e Champenoise de elaboração, participar do processo de engarrafamento e, é claro, ter a ilustre oportunidade de aprender um pouco sobre a arte de se degustar a bebida.

19. Rota Cinematográfica

Quem acha que a capital do espumante apenas oferece roteiros de degustações e belas paisagens, está muito enganado. Garibaldi também oferece uma experiência riquíssima através da sua prática do “turismo cinematográfico”.

Este segmento do turismo atrai, em média, cerca de 40 mil visitantes a cada ano, o que o caracteriza como um segmento para lá de rentável. E é claro que o município não poderia ficar de fora.

Com um conjunto de belas paisagens aliadas a uma bagagem histórica consistente, não demorou para Garibaldi lançar sua primeira produtora, a Garibaldi Film, em 2013.

O passeio é ideal para os cinéfilos de plantão, pois é uma grande oportunidade de se conhecer mais a fundo sobre como é feita a produção de um filme.

Se você quer ter a experiência de revisitar uma memória afetiva ligada a alguma cena específica dos seus filmes e novelas do coração, também pode ser uma boa ideia colocar esse passeio no seu roteiro por Garibaldi.

20. Garibaldi Experience

Composto por quatro opções de visitação  bem interessantes, o Garibaldi Experience é um dos principais eventos de degustação da cidade.

O evento oferece uma verdadeira viagem por entre os seus sentidos e com algumas combinações pode, facilmente, o levar à loucura.

Uma das opções mais interessantes, e mais recentes também, é a Taça & Trufa, que mistura a delicadeza do vinho com a forte presença do chocolate, criando uma explosão única de degustação.

O Projeto Desperte Seus Sentidos é uma oficina ambiciosa em que o visitante é convidado a fazer degustações às cegas, oferecendo uma melhor experiência para os tons suaves e delicados dos vinhos, que são servidos em uma pipa de 100 mil litros, anexada à cave Acordes.

Além destas, outras duas grandes opções de visitas são a “Degustação de Produto Premiados” e “Uma História para degustar”.

A primeira é feita no wine bar, localizado no complexo enoturístico do local. Já a segunda se trata de um passeio guiado feito através das pipas e tanques do local.

E então, decidiu o que fazer em Garibaldi?

Bom, chegamos ao fim deste guia repleto de deliciosas atrações e degustações das mais admiráveis variedades de vinhos, espumantes e também de iguarias que só Garibaldi poderá lhe oferecer.

A dica mais importante, e que pode ter passado despercebida em meio a tanta informação, é do extremo cuidado que você deverá ter para criar o seu roteiro de viagem perfeito, como:

  •  Fazer suas reservas de estadia e passeios com antecedência;
  •  Manter-se atento ao clima da região e às épocas de alta e baixa temporadas;
  • Fazer suas pesquisas sobre as atrações locais que poderão acontecer no período em que você decidir visitar a cidade;
  • Principalmente, fazer sua reserva financeira para que você possa curtir bastante durante seus passeios (isso sem falar nas compras que você poderá fazer nas lojinhas espalhadas por Garibaldi).

A cidade é repleta de encantos e parece ter saído de um livro de fantasias, o destino ideal para você que deseja uma experiência para muito além de roteiros de viagens tradicionais e, principalmente, o destino ideal para os apaixonados pela vida e pelos bons momentos.

Planeje sua viagem hoje mesmo!

Onde Comprar os Ingressos para Gramado com Desconto?

Viu todos os detalhes e decidiu quais passeios irá fazer? Agora é a hora de garantir seus tickets com um preço diferenciado.

Para garantir os seus passeios com o melhor preço, recomendamos a Brocker Turismo. A maior e mais confiável agência de Gramado e Canela.

Você economiza nos ingressos e tem a garantia de não dar chance pro erro de cair em uma fraude.

Além de contar com toda a assistência de um time preparado e que conhece a região a fundo.

Atenção: Reserve seus ingressos com antecedência para não correr o risco de ficar sem entrada para os dias da sua viagem.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – e economize MUITO em sua viagem.

Descubra como Economizar Até 50% em mais de 213 Estabelecimentos de Gramado e Canela