Maior da Serra
Brocker Turismo
Referência em turismo e receptivo na Serra Gaúcha, com dezenas de atividades
PONTOS POSITIVOS:
  • Parcelamento para parques e jantares em até 10x sem juros
  • Antecipe seus ingressos, economize e evite perder tempo com filas gigantes!
Brocker Turismo - Leitores do nosso site tem descontos!

Agora é a hora de tirar os planos do papel e começar a visualizar sua viagem a Gramado.

Com certeza, você ficou tempo o suficiente pensando sobre as diversas formas de curtir a cidade e sua região, criando esboços e rascunhos que transformariam a viagem na realização dos seus sonhos.

Ou, no mínimo, você colocou na ponta do lápis tudo o que a cidade traz de benefícios.

Desta forma, chegou à conclusão de que suas próximas férias serão na Serra Gaúcha.

Mas ainda existe uma grande questão: quantos dias ficar em Gramado para aproveitar bem o suficiente?

Para voltar para casa sem a sensação de que o tempo passou rápido demais?

Parecem perguntas sem respostas corretas, mas, na verdade, existe um cálculo.

Por meio desse cálculo, você consegue equilibrar o tempo disponível para realizar sua viagem versus o que há para aproveitar no destino escolhido.

E, pensando em Gramado, vamos te ajudar com seus planos.

Como fazer o cálculo de quantos dias ficar em Gramado?

Desde que você se decidiu por viajar a Gramado em suas próximas férias, suas pesquisas começaram a ganhar o sotaque gaúcho.

E, no caso desta cidade, com um requinte único e repleto de personalidade.

Ou seja, você passou a encontrar termos como Mini Mundo, Rua Coberta e Snowland, ficando ainda mais empolgado com as infinitas possibilidades de aproveitar o lugar.

Pois, há muito o que fazer em Gramado, mas, para você não perder tempo indo de um lado a outro.

Assim, montamos este pequeno guia para te ajudar com isso: dúvidas serão respondidas.

No final, você conseguirá montar o roteiro com os dias exatos que precisará ter para curtir muito bem a cidade.

páscoa em canela

Cidade de Canela decorada para páscoa

A cidade e suas respectivas épocas do ano

A primeira ideia que você precisa ter de Gramado é que a cidade é movimentada em todo o ano.

Por isso, em cada época, há diferentes características interessantes aos visitantes.

O verão, por exemplo, começa com o final do maior evento natalino do país, o Natal Luz, o qual ocorre entre final de outubro e início de janeiro.

As temperaturas são elevadas, mas a beleza de uma cidade cujo entorno é a preservação ambiental faz tudo ficar ainda mais bonito.

Por sua vez, o outono traz a Páscoa, o que significa movimento intenso, tendo em vista a quantidade de fábricas de chocolate na região.

Isso fica evidente com a belíssima decoração de toda a cidade, além de seus shows musicais, teatrais e de dança.

Como se isso não bastasse, as folhas laranjas estarão em todas as ruas.

Como toda a fama vem da época mais fria do ano, o inverno de Gramado é concorrido e faz com que a cidade abrace a sensação de estar em um vilarejo europeu.

De fato, isso fica evidente em suas ruas e atrações, além de restaurantes quentinhos para te receber bem.

A primavera, portanto, é a quarta estação na qual as cores fazem toda a diferença para a cidade.

Enquanto as flores estão em praças, canteiros e avenidas, elas também dominam os parques do entorno da cidade, trazendo dias quentes e noites frescas para curtir uma boa taça de vinho.

Com tudo isso em mente, você pode começar a imaginar qual é a melhor época para viajar a Gramado, a partir de seu ponto de vista e experiência.

A partir de então, outros quesitos fundamentais vão entrar no cálculo.

Qual é o valor médio gasto nas hospedagens da cidade?

Por falar em cálculo, é fundamental que você saiba quanto se gasta para decidir quantos dias ficar em Gramado, tanto nas hospedagens quanto no dia a dia, para se alimentar, curtir as atrações e fazer compras.

Tudo vai depender da época do ano, pois os valores se diferem a partir da estação na qual a cidade estará mergulhada.

Com isso em mente, vamos te mostrar quanto custa a partir da meia estação mais barata, que é a primavera, especificamente no mês de outubro.

Para se hospedar, você poderá encontrar hostels, pousadas e hotéis, cada qual com sua faixa de preço.

Hostels, por exemplo, costumam ter suas diárias entre R$ 40 e R$ 80.

Já as pousadas partem a partir de R$ 100 e podem chegar a R$ 220.

Hotéis, portanto, ficam entre R$ 250 e R$ 1.200.

Serrazul Hotel

Interior do Hotel Serrazul

Quanto custa para comer em Gramado?

Para continuar o cálculo de quanto se gasta em para ficar em Gramado, vamos te mostrar rapidamente valores cobrados em restaurantes, que podem ser os diurnos e os noturnos, além de cafeterias e cervejarias.

Essas são as paradas mais comuns para quem vai à cidade.

Considerando que o café da manhã será feito em sua hospedagem, você pode optar por restaurantes baratos para comer durante o dia, deixando os mais especiais para curtir a noite.

Desta forma, um prato feito sai por cerca de R$ 25, mas é possível encontrar self services por R$ 39 o quilo.

Já o jantar, justamente pensando em passar momentos especiais, traz especialidades, como a parrilla, que é o churrasco gaúcho, argentino e uruguaio, por cerca de R$ 89 o rodízio ou o self service.

Já uma pizzaria te custará, em média, R$ 57 por pessoa.

Nas cafeterias mais conceituadas e tradicionais da cidade, ou seja, aquelas nas quais os elogios te levarão a experimentar as bebidas e os doces, você vai encontrar o café coado a R$ 14 e um pedaço de bolo a R$ 12.

E, por último, as cervejarias vão de encontro às expectativas, apresentando opções regionais e artesanais a cerca de R$ 22.

Como se divertir nos parques e museus?

Enquanto suas contas te levam a um caminho de cálculos do quanto você precisará gastar para sobreviver e se hospedar em Gramado, há mais um detalhe que você precisará ter em mente: as atrações turísticas.

Mas, ao invés de falar somente dos preços, vamos por dois caminhos: valores e números de lugares.

Com a quantidade de atrações turísticas que a cidade oferece, em todas as regiões, além dos possíveis passeios em outras localidades da Serra Gaúcha, você terá diversas opções.

Parques de preservação ambiental, parques temáticos, museus, fábricas de chocolates, mirantes, igrejas e centros históricos para visitar são alguns exemplos.

A média de gasto nesses lugares é de R$ 20, porém, em alguns passeios o ingresso chega a R$ 60, enquanto outros são gratuitos.

O intuito aqui é, então, te mostrar que disponibilidade financeira e tempo, há muito o que fazer por Gramado.

maquete no mini mundo

Maquete do Mini Mundo

Quanto tempo você precisa para conhecer somente Gramado?

Com tudo o que você leu até aqui, deu para perceber que é possível simplesmente fazer as malas e morar em Gramado, certo?

Mas vamos nos concentrar em suas possibilidades de férias por lá e, então, se você gostar tanto quanto pensa que vai, aqui não faltam conteúdos para você voltar quantas vezes quiser à cidade.

Desta forma, você pode enxergar três possibilidades de viajar e curtir Gramado em suas férias: 7 dias, 10 dias e 15 dias.

Dentro de cada possibilidade, existe um roteiro específico que você poderá montar.

  • 7 dias: nesse tempo, você conseguirá se organizar em turnos, aproveitando o café da manhã, partindo para uma atração. Almoçando no centro da cidade, conhecendo outra atração, sendo esta mais longa, tomando um café e experimentando doces típicos, aproveitando o movimento noturno e, por fim, um jantar especial.
  • 10 dias: com um pouco mais de tempo, você conseguirá sair de Gramado por um ou dois dias e, então, conhecer as cidades vizinhas, passando as manhãs em umas e as tardes em outras. Adicione a este roteiro tudo o que faria em 7 dias.
  • 15 dias: com tempo de sobra, você consegue curtir com mais calma as atrações, comer apreciando o próprio estabelecimento e permitir-se tirar alguns momentos para não fazer nada na cidade, além de bater perna. O mesmo poderá ser feito em suas vizinhas, além de permitir que você vá para lugares mais distantes, como o Cânion do Itaimbezinho.

Afinal, quanto tempo passar em Gramado?

Como saber, afinal de contas, quanto tempo passar em Gramado?

Você tem três opções: 7, 10 e 15 dias, as quais dependerão de dois fatores básicos, os quais você encontrou no decorrer deste pequeno guia: tempo e dinheiro.

Se você tiver tempo de sobra, mas dinheiro controlado, por exemplo, fique com 10 dias em um hotel um pouco mais distante do centro, mais em conta.

Aproveite todos os passeios que pode fazer gratuitamente e opte por três atrações mais caras, como parques temáticos, se for o seu perfil.

Onde Comprar os Ingressos para Gramado com Desconto?

Viu todos os detalhes e decidiu que o passeio vale a pena? Agora é a hora de garantir seus tickets com um preço diferenciado.

A Brocker Turismo é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências na Serra Gaúcha, 100% confiável.

Além de oferecer centenas de atrações diferentes, ela consegue um preço único e abaixo do mercado para você conhecer os principais passeios de Gramado – podendo ser pagos em até 12x.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos para alguns locais da cidade.

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 26 de novembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Fotos: Brocker Turismo.

Rafael

Rafael

Cristão. Amo videogames, boas séries medievais e claro, tirar um tempo para viajar! :-)

cidade-de-gramado

Quer Economizar Muito em Gramado?

A Brocker Turismo é a maior empresa de turismo da Serra Gaúcha, com diversos passeios e ingressos com preços incríveis.

Aproveite preços promocionais por tempo limitado. Clique no botão abaixo agora.