o que fazer na serra gaúcha

O que fazer na Serra Gaúcha? 11 Lugares Maravilhosos para Conhecer

Compre seus Ingressos
Só Ingressos
Referência em turismo e receptivo na Serra Gaúcha, com dezenas de atividades
PONTOS POSITIVOS:
  • Parcelamento para parques e jantares em até 10x sem juros
  • Antecipe seus ingressos, economize e evite perder tempo com filas gigantes!
Só Ingressos
Leitores do nosso site tem descontos!

Nem só de chimarrão vive o Rio Grande do Sul!

O estado situado na região sul do Brasil abriga a Serra Gaúcha, um dos pontos turísticos mais visitados e incríveis que podemos encontrar em nosso país.

Mas nem todo mundo sabe o que fazer na Serra Gaúcha, nem onde visitar para aproveitar a viagem.

Neste artigo você vai conhecer os melhores roteiros da Serra Gaúcha, que incluem Bento Gonçalves, Gramado e Canela, lugares indispensáveis para uma boa visita.

Por isso, acompanhe nossas dicas de viagem para que você saiba o que fazer na Serra Gaúcha e saia de lá com uma bagagem repleta de história e cultura regional. Vamos lá?

Você já tem viagem marcada para Gramado?

Sim

Não

O que fazer na Serra Gaúcha: Gramado e Canela não podem ficar de fora!

Popular na produção de vinhos, com cânions admiráveis e restaurantes recheados de culturas diversas, a Serra Gaúcha é um dos pontos turísticos mais procurados para quem deseja fazer uma bela viagem.

Mas na hora de escolher os destinos, é bom ter em mente que são muitas atrações para conhecer.

Isso porque cada cidade gaúcha possui seu encanto. Há opções que vão desde passear pelos lugares nos trens Maria Fumaça até fazer uma visita às melhores vinícolas do Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.

Você vai se deparar com lindas paisagens, se esbaldar nos vinhos, conferir parques temáticos, explorar trilhas e desfrutar do que há de melhor na gastronomia do Sul do país.

Não sabe o que visitar na Serra Gaúcha? Então veja abaixo algumas regiões que são paradas obrigatórias em sua visita ao Sul do Brasil.

Gramado, um dos destinos mais visitados do Rio Grande do Sul

igreja sao pedro

Se você não sabe o que fazer na Serra Gaúcha no inverno, por exemplo, saiba que Gramado é um dos pontos turísticos mais visitados nessa estação.

Considerada uma das melhores cidades da América do Sul, Gramado conta com um belíssimo cenário que mais parece um pedacinho europeu, como o Parque Snowland, climatizado e com temperatura abaixo de 5 graus!

Outro passeio excelente a fazer é no Mini Mundo, um parque com réplicas incrivelmente pequenas de monumentos do Brasil e do mundo. É tudo pequeno, desde ruas a carros. As crianças vão amar esse universo!

Além disso, há outros pontos turísticos que valem muito a pena a visita, como o Natal Luz de Gramado, aberto apenas nos fins de ano. O nome não é à toa.

Você vai encontrar um lugar com decorações natalinas, Papais Noéis, duendes e tudo o que faz parte dessa época do ano. E o melhor é que o clima favorece a sensação de estar no Natal europeu. Não é o máximo?

Quer mais algumas dicas sobre o que fazer em Gramado na Serra Gaúcha?

Então visite o Lago Negro, a Rua Coberta, o Palácio dos Festivais (para os amantes do cinema de Gramado), e — por favor! — não deixe de passar no Café Colonial.

A área gastronômica de Gramado é marcada pela comida italiana e alemã, com aquela mesa farta que você só vê em novelas. Dá água na boca só de lembrar.

Canela

catedral nossa senha em canela

Gramado e Canela têm algo em comum: ambas podem ser visitadas usando o Bus Tour, um tradicional ônibus que te leva a conhecer todos os cantos dessas duas maravilhosas cidades.

Rodeada por belezas naturais, belos parques e estruturas magníficas, Canela é aquele aconchego que você precisava para ter tranquilidade em sua viagem.

Você vai ter opções de lazer que vão desde os Bondinhos Aéreos Canela-Gramado até o Museu Egípcio de Canela. Já imaginou visitar sarcófagos, papiros e uma pirâmide com mais de 8 metros de altura?

E não para por aí! Tem dois pontos turísticos que eu acho imperdíveis sobre o que fazer na Serra Gaúcha:

  • O Ice Bar, uma das atrações do Mundo Gelado do Capitão Canela. Lá as temperaturas chegam a 23 graus negativos e tudo é gelado mesmo, desde o drink até o sofá (!).
  • E também o Parque Terra Mágica Florybal, um excelente destino para aventureiros. Imagine “voar” nas asas do dinossauro Pterodáctilo, ou aproveitar novas sensações no Cinema 7D? É fantástico!

Garibaldi, a capital gaúcha do espumante

ruas do centro de Garibaldi

Lembra que no início deste post foi dito que no Sul não tem apenas chimarrão? Pois é, acontece que Garibaldi é conhecida como a capital do espumante.

Fonte de turismo, a bebida não é a única que merece atenção nessa região da Serra Gaúcha, apesar de as vinícolas Peterlongo e Cooperativa Garibaldi serem, praticamente, o centro turístico.

Uma das atrações mais interessantes e nostálgicas da Serra Gaúcha é a Rua Buarque de Macedo. Com sua arquitetura do século XIX, você vai se sentir em um verdadeiro cenário de época.

Aproveite a viagem à Serra Gaúcha para conhecer outros roteiros em Garibaldi, como prédios, casas e capelas. Entre no ônibus escolar Giallo, de 1987, e se sinta dentro de um filme antigo. É espetacular!

Bento Gonçalves e o Vale dos Vinhedos, a região das vinícolas

Bento Gonçalves

Quando se fala em vinícolas, nem todo mundo sabe que sua maior concentração fica em Bento Gonçalves. Os roteiros para quem quer visitar essas cidades repletas de histórias e vinhos estão na Casa Valduga, Miolo e Vale do Rio das Antas.

Mas não podemos esquecer do Vale dos Vinhedos, uma área que compreende não só Bento Gonçalves, mas também o Monte Belo do Sul e Garibaldi.

As condições geográficas do Vale dos Vinhedos garantiu o selo “Denominação de Origem”, provando, dessa forma, a qualidade única de seus vinhos.

Agora, se o seu negócio é vinho e aventura, o roteiro de viagem à Serra Gaúcha não é completo se você não passar pelo Parque de Aventuras Gasper.

Lá, você vai se divertir com diversas atividades, como arvorismo, estilingue, tirolesa, rapel, arco e flecha, e muito mais.

Já para quem tem paixão pelo estilo italiano, vai amar o Caminhos de Pedra e a Casa da Erva Mate. Ambas no mesmo roteiro de viagem, são dois destinos que não podem ficar de fora sobre o que fazer na Serra Gaúcha.

É na Casa da Erva Mate que você vai conhecer sobre a origem da planta e como o chimarrão, a tradicional bebida dos gaúchos é produzida.

Nova Petrópolis, um das viagens imperdíveis na Serra Gaúcha

Casa do Artesão Nova Petrópolis

Você fala alemão e gostaria de se sentir em casa, sem sair do Brasil? Pois, uma das dicas para uma viagem inesquecível está em Nova Petrópolis.

A cidade colonizada pelos alemães é marcada por uma arquitetura diferente, enraizada pela cultura europeia, que faz qualquer pessoa viajar no tempo.

Além do cenário nostálgico, você pode conhecer a importância histórica da Nova Petrópolis e da cultura alemã, visitando o Parque Aldeia do Imigrante e o Parque Esculturas Pedras do Silêncio.

Já se você é amante da natureza, vai perceber que a região é perfeita para explorar trilhas, montanhas e estradas de terra, como o Vale do Rio Caí, que faz divisa com Caxias do Sul.

Além dele, tem um mirante com mais de 500 metros de altura, chamado Ninho das Águias, um excelente roteiro de viagem em Nova Petrópolis para quem é esportista – sobretudo, paraquedista.

São Francisco de Paula

são francisco de paula

Situada entre a Serra Gaúcha e os cânions do estado gaúcho, São Francisco de Paula é um município perfeito para quem quer fugir das badaladas Gramado e Canela.

Embora tenha menos de 25 mil habitantes, o município é ideal para dias de descanso, e isso não significa poucas atrações.

Para amantes da leitura, vale conhecer a Livraria Miragem, com grande acervo de livros e objetos de decoração.

O Largo de São Bernardo é considerado um dos mais bonitos e naturais da Serra, despertando a vontade de passear por suas trilhas super tranquilas.

A propósito, se você escolhe São Francisco de Paula (também conhecida como São Chico) como um dos seus destinos na Serra Gaúcha, deve saber que a natureza é o ponto forte do município.

Portanto, não deixe de visitar o Parque das Oito Cachoeiras, que não possui esse nome à toa. Trata-se de exuberantes quedas d’água com essa quantidade de cachoeiras.

Isso sem contar a Reserva Ecológica Terra do Sempre, com pousadas e mais cachoeiras para você curtir seus momentos tranquilos.

Cambará do Sul, a região gaúcha com os impressionantes cânions

cânion rio grande do sul

Conhecida por sua bela natureza, Cambará do Sul é repleta de cânions, incluindo o mais bonito de todos: cânion Itaimbezinho.

Para chegar lá, é melhor passar pela Trilha do Vértice e aproveitar o ponto de vista, não só do cânion como também da Mata Atlântica e as cachoeiras.

Inclusive, Cambará do Sul é ideal para quem ama ficar no alto dos desfiladeiros para ter uma visão ímpar da natureza.

São diversos cânions para admirar, como Malacara e Fortaleza. Mas, para além disso, há também malharias, cachaçarias, e outros produtos artesanais para comprar.

São José dos Ausentes

floresta araucária São José dos Ausentes
Créditos: Gui Becker (Flickr)

Quer explorar uma pequena cidade serrana cheia de cânions, rodeada de araucárias e palco de novelas da Globo? Então vale a pena conhecer São José dos Ausentes, a região mais fria situada ao norte da Serra Gaúcha.

Se você curte uma cidade invernal, com possibilidade de neve e geada, o passeio por São José dos Ausentes será inesquecível.

Lá, é possível conferir o cânion no pico mais alto dos Ausentes, chamado de Pico Monte Negro. Para você ter uma ideia, o Pico é 200m acima da altitude média da cidade!

Uma vez na região, você pode fazer check-in na Pousada Altos da Serra, aproveitar o Vale das Trutas e não dispensar uma visita na Cachoeira das 7 Mulheres.

Carlos Barbosa, a tradição italiana e a qualidade do leite

carlos barbosa

Tem muita gente que pode não saber, mas a fábrica da Tramontina nasceu na pacata e admirável Carlos Barbosa. Tal feito pode ter contribuído para atrair a atenção para o turismo.

Se você não sabe o que fazer e onde ir na Serra Gaúcha, um ponto obrigatório de suas viagens é conhecer a antiga estação ferroviária. Foi a partir dela que imigrantes italianos chegaram à região.

Também há bares e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia regional. Isso inclui queijos e outros produtos à base de leite, produzidos na Granja Cichelero, de forma sustentável.

É impossível você sair de lá sem provar o verdadeiro sabor de um leite feito de forma artesanal.

Passo do S, uma das atrações da Serra Gaúcha

Essa é para quem gosta de uma paisagem desértica, praticamente no meio do nada. O Passo do S é uma passagem sobre o Rio Tainhas, situado no Parque Estadual do Tainhas, em Jaquirana.

O percurso possui o formato de “S”, por isso o nome, e mais de 200 metros de travessia. Não é um bom lugar para quem procura boa estrutura, porque o local é realmente desértico, ou pelo menos, com pouquíssimas árvores.

Vale a pena conhecer a cachoeira rodeada por campos e pinheiros de araucária, uma excelente vista por sinal.

Região das Hortênsias, composta por Gramado, Canela, Caxias do Sul, e mais!

A Região das Hortênsias nada mais é que uma comarca do Mapa do Turismo Brasileiro, situado no Sul do Brasil. Ela engloba seis cidades turísticas, a saber:

Inclusive, Caxias do Sul passou a integrar a Região das Hortênsias em 2019, sendo uma das cidades importantes para o turismo na Serra Gaúcha.

Já escolheu seu roteiro de viagem?

Todos sabemos que o Brasil é um lugar muito rico, com locais e cidades incríveis, muita natureza, muitas atrações. De verdade, tem programa e viagem para todos os gostos – desde quem é mais quietinho e prefere um vinho e um queijo em um encontro romântico, até quem é mais baladeiro e curte conhecer as opções mais festeiras em suas viagens.

Com certeza, há muitos outros lugares e atrações para conhecer na Serra Gaúcha. Aqui você conferiu desde as cidades mais famosas, como Gramado e Canela, até as mais pacatas e escondidas no Sul, como a região de São José dos Ausentes.

Você também viu que cada um desses lugares possui um roteiro diferente, não é mesmo? Alguns destacando mais os restaurantes, as atividades em parques, as melhores vinícolas, ou paisagens espetaculares.

Antes de fazer as malas, é importante não só conhecer o trajeto e os valores de hospedagem em hotéis, guias e atividades nas cidades, como também os seus gostos e preferências.

Afinal, se o seu objetivo é conhecer o Parque Snowland, em Gramado, ou qualquer parque temático, cheio de estrutura, creio que não será uma boa ideia dar uma passadinha em Passo do S, correto?

Portanto, se você planeja conhecer uma dessas cidades após a pandemia e não sabe o que fazer na Serra Gaúcha, este post é um roteiro para sua viagem.

Curtiu? Então, não deixe de conferir nossos outros posts para saber mais sobre esse destino incrível!

cidade-de-gramado

Quer Economizar Muito em Gramado?

A Só Ingressos oferece os ingressos das melhores atrações da Serra Gaúcha.

Garanta descontos e evite filas!