O que fazer em Caxias do Sul

O que fazer em Caxias do Sul? Os 15 Melhores Passeios e Pontos Turísticos da Região

Maior da Serra
Brocker Turismo
Referência em turismo e receptivo na Serra Gaúcha, com dezenas de atividades
PONTOS POSITIVOS:
  • Parcelamento para parques e jantares em até 10x sem juros
  • Antecipe seus ingressos, economize e evite perder tempo com filas gigantes!
Brocker Turismo
Leitores do nosso site tem descontos!

Conhecer Caxias do Sul é ter certeza de que a Serra Gaúcha é mesmo mágica.

Pois, com toda a beleza natural, o povo transforma as cidades, com seus pontos turísticos, em incríveis experiências.

Assim, as belas paisagens, que vão muito além do que a região tem a oferecer, como mostra seu potencial.

Por isso, com roteiros turísticos muito bem elaborados, uma cidade como Caxias do Sul deixa a estrada ainda mais gostosa de curtir.

Então, para te ajudar com isso, preparamos um guia completo, que te levarão ao local pronto para conhecer as diversas atrações dessa cidade.

A diferença entre um roteiro pronto e o pé na estrada

Existem duas formas de curtir a região sul do país: com roteiros turísticos prontos e pela espontaneidade da estrada.

Assim, quando estiver se preparando para conhecer Caxias do Sul, saiba que há muito mais à disposição para se conhecer.

Por exemplo: você pode curtir outras cidades da Serra Gaúcha, como Gramado, Canela e Bento Gonçalves.

E mais: você pode aproveitar as belas paisagens do Rio Grande do Sul para aproveitar a Rota Romântica.

Por outro lado, se seu tempo estiver contado, pense em um roteiro pronto, com pacote. Caxias do Sul continuará sendo bela!

ana rech
Ana Rech / Créditos: Caah Paiva (Flickr)

Por que escolher Caxias do Sul?

Há muitas cidades interessantes no Rio Grande do Sul, então a dúvida pode surgir: por que, dentre tantas, escolher Caxias do Sul.

Para início de conversa, nada te impede de curtir várias cidades em sua viagem, pois, apesar de ter muito o que fazer em Caxias do Sul, é tudo muito perto.

Porém, muitas pessoas escolhem Caxias porque é uma cidade menor e, assim, menos movimentada.

Além disso, a colonização feita por imigrantes italianos fez toda a diferença para o visual.

Contando com isso, os principais pontos da cidade remetem a esse estilo bucólico, sempre ativo e criativo dos italianos, como o Museu Ambiência Casa de Pedra..

E, como se isso não bastasse, a cidade conta com diversas vinícolas em seu entorno, o que inclui a Festa da Uva, imperdível para visitação.

São os detalhes de Caxias que fazem toda a diferença

Enquanto você está pesquisando sobre as melhores cidades do Rio Grande do Sul para se conhecer, lembre-se de uma coisa:

Com tudo o que tem para fazer em Caxias do Sul, é bem provável que sua visita ao restante da Serra seja bem curta.

Pois, contando com a imigração italiana como grande característica de seu povo, a cidade é receptiva e, bom, imperdível por sua gastronomia.

Por isso, apesar de ser uma cidade do interior, ela é a segunda maior da região, e fica bem próxima dos melhores acessos e rodovias, como a BR 116.

Com tudo isso, é possível visitar as famosas vinícolas, castelo, cachoeiras, rios, museus, grutas, cânions e santuários ecológicos.

Ou seja, há muito o que fazer em Caxias do Sul, não é mesmo?

Onde fica Caxias do Sul?

Caxias do Sul não fica tão distante da capital gaúcha, mas você tem dois caminhos básicos para chegar até lá.

O primeiro, e mais tradicional, é ir de avião, pois você pode embarcar rumo a Porto Alegre e ir de carro, ou pode ir de São Paulo ou Campinas diretamente para lá.

Assim, é fundamental que você saiba que duas companhias aéreas operam para Caxias do Sul: Gol e Azul.

Por sua vez, se optar ir de carro a partir da capital, você pode alugar um automóvel facilmente por lá.

Mas, vale lembrar que é preciso reservar o veículo com antecedência mínima de um mês.

Desta forma, ir de Porto Alegre a Caxias do Sul é simples: você vai pela BR 116 km. São apenas 130 km de paisagens belíssimas pela estrada.

Ou seja, fica muito mais bonito fazer dessa forma.

Aliás, tem gente que curte descer pela beira-mar desde Santa Catarina, pois há diversas atrações, culminando na região chamada de Caminhos da Colônia.

catedral diocesana
Catedral Diocesana / Créditos: Lélia Valduga (Flickr)

Veja o que fazer em Caxias do Sul com seus pontos turísticos

Agora que você viu como há muito o que fazer em Caxias do Sul, com certeza a cidade ganhou sua atenção pela beleza e comodidade.

Porém, além dessas vantagens, há os diversos pontos turísticos, que merecem a sua atenção por trazerem o melhor dessa cidade.

Vale Trentino

Com toda a beleza da região, existe um roteiro chamado Vale Trentino, que é uma região inteira perfeita para você passear de carro.

Por lá, você vai encontrar parreirais inteiros em uma paisagem de tirar o fôlego próxima a Caxias do Sul.

Com isso, vai poder aproveitar as vinícolas e cantinas da região, que conservam as tradições que a imigração italiana possui.

E mais: você vai poder degustar vinhos, sucos e, é claro, aproveitar a gastronomia local.

Criúva

No distrito de Criúva, você vai aprender mais sobre a rota que os tropeiros faziam nessa parte do interior, perdendo o fôlego novamente.

Assim, aproveite para curtir a visitação a uma área que possui atrações naturais, como cachoeiras, rios, cânions e uma gastronomia típica de Criúva imperdível.

Aliás, a comida vai muito além do que se espera de um local pequeno e afastado, pois fica a 56 km de Caxias do Sul.

E, de curiosidade, é lá que nasceu a dupla Irmãos Bertussi.

chateau lacave
Chateau Lacave / Créditos: Arcwork (Flickr)

Ana Rech

Dentro de Caxias do Sul, existe um bairro um pouco afastado do centro da cidade, mas que merece sua completa atenção.

Assim, Ana Rech é onde você vai encontrar pinheiros centenários, casas e ruas enfeitadas com flores e diversos costumes perpetuados pelos imigrantes italianos do século XIX.

Vale a pena se perder por ali, precisamente em Caxias do Sul RS.

Estrada do Imigrante

Por falar em imigrantes italianos, aqui está o caminho percorrido por eles: a Estrada do Imigrante.

Trata-se de um roteiro, que merece ser feito por quem quer conhecer mais sobre a história dessa parte do interior.

Assim, conta com cada igreja fundamental para os imigrantes do século XIX, assim como uma estrada tão bela quanto historicamente importante.

Desta forma, a Estrada do Imigrante se torna um dos passeios mais interessantes de Caxias do Sul.

Caminhos da Colônia

Se você curte a ideia de fazer um roteiro, então, não perca a oportunidade de aproveitar o Caminhos da Colônia.

Pois, aqui, a ideia é percorrer a distância entre Caxias do Sul e Flores da Cunha, onde a colonização foi de fato realizada.

Mas, mais do que história, você vai aprender, com sua visitação, sobre a cultura local, atrações naturais e as belas paisagens que possui.

E conta, ainda, com diversos produtos coloniais para você degustar e, se quiser, comprar.

Caminhos do Interior

Contando com 18 atrações relacionadas a segmentos como religiosidade, gastronomia, hospedagem, eventos e lazer, esse é o Caminhos do Interior.

Assim, é outro roteiro imperdível por quem quer conhecer mais sobre a cidade de Caxias do Sul.

Com a cara do imigrante europeu, você vai conhecer uma região que possui a Vila Oliva e fazendas Souza e Santa Lúcia do Piaí.

ferroviária de caxias do sul
Ferroviária de Caxias. Créditos: Jaque Zattera (Flickr)

Catedral Diocesana de Caxias do Sul

Com os diversos caminhos que conheceu até agora, desfrutar bem de Caxias do Sul merece um passeio por pelo menos uma igreja.

Aliás, não faltam igrejas para você visitar em Caxias do Sul, como a de São Pelegrino e Nossa Senhora de Lourdes, mas vamos focar na diocesana primeiro!

Desta forma, conheça a Catedral Diocesana de Caxias do Sul, localizada no centro da cidade, em frente à praça Dante Alighieri.

Ali, então, é onde está a dedicação a Santa Teresa, nesta igreja inaugurada em 1899.

Praça Dante Alighieri

Por falar em ponto central e dedicação a Santa Teresa, a Praça Dante Alighieri é o espaço público mais antigo de Caxias do Sul.

Assim, merece ao menos uma passadinha, nem que seja para curtir sua arquitetura em meio às árvores.

Festa da Uva

Se existe um evento gigantesco de Caxias do Sul, com repercussão em toda a Serra Gaúcha e região sul do país, é a famosa Festa da Uva.

Pois, além de conceituada, é importantíssima para a divulgação de produtos e serviços relacionados à fruta mais querida pelos imigrantes italianos, a uva.

Desta forma, a festa é realizada a cada dois anos, em um parque próprio, onde ficam expostos produtos e maquinários relacionados.

Assim, a Festa da Uva possui desde desfiles em carros alegóricos até degustações e vendas de máquinas para quem quer plantar uva.

Ou seja, se você tiver a sorte de ir a Caxias do Sul em ano de Festa da Uva, deixe para visitar a cidade a época certa.

Com tudo isso, então, você encontra, contando com a Festa da Uva e seus pavilhões, a réplica de Caxias do Sul, com casas de madeira.

Nesses lugares que contam a história, você mergulha na ambiência Casa de Pedra, mas em lugares estruturalmente diferentes.

uvas em vinícolas
Uva em Vinícola / Créditos: Greicy (Flickr)

Museu Ambiência Casa de Pedra

Construída no final do século XIX, a Casa de Pedra possui museu próprio, e conta com dois pisos em uma estrutura completamente feita em pedra basáltica rejuntada com barro.

Desta forma, se você viajou em busca de uma réplica de dois séculos atrás, não precisa se preocupar. Aqui está uma construção feita por um imigrante de verdade.

Então, quando foi transformada no Museu Ambiência Casa de Pedra, em 1975, a construção se tornou uma das melhores atrações de Caxias do Sul.

E, tornando tudo isso ainda mais interessante, o Museu Ambiência Casa de Pedra faz toda a diferença para curtir o local submergindo em cultura e história.

Localizada no bairro Santa Catarina, é muito fácil chegar até lá: Rua Matteo Gianella, 531.

Gruta da Terceira Légua

Esta é uma mistura muito interessante de religiosidade e natureza, pois a Gruta da Terceira Légua traz essas características.

Para chegar lá, uma escadaria com 150 degraus vai te levar a uma capela dentro de uma gruta, que fica debaixo de um penhasco, com o clima de parque.

E, como se essas características curiosas não bastassem, além das missas, aos domingos você pode almoçar por ali, além de comprar produtos coloniais.

Com isso, diferente da igreja que homenageia Santa Teresa, no centro da segunda maior cidade da região, aqui o estilo é intimista, como um museu a céu aberto.

Parque Getúlio Vargas

O Parque Getúlio Vargas é o típico espaço verde que faz cada cidade da Serra Gaúcha se tornar única.

Sua área de vegetação é enorme, com diversas espécies nativas e árvores frutíferas.

Mas, o que atrai os moradores de Caxias do Sul à Praça Getúlio Vargas é a enorme estrutura para a prática de esportes.

Ali, você encontra desde ciclovia a playground, passando por academia ao ar livre, quadra esportiva, pista de skate e palco para apresentações.

praça dante alighieri
Praça Dante Alighieri / Créditos: Vittoria P. Fachinelli (Flickr)

Igreja de São Pelegrino

Uma das mais belas, a Igreja de São Pelegrino possui um gigantesco acervo de obras de arte, o que fez dela um ponto turístico importante.

Diferente da diocese de Caxias, esta igreja é em estilo clássico, com pinturas em tela de Aldo Locatelli.

Pois, assim que entrar nela, você vai encontrar murais e pinturas belíssimos, o que chama a atenção por sua estrutura que mais parece uma viagem à Itália.

Assim, a Igreja São Pelegrino é uma mistura do melhor do que fazer na cidade e um importante ponto histórico de Caxias do Sul.

Aliás, com as pinturas do Aldo Locatelli, é bem difícil que você não fique impressionado com essa São Pelegrino.

Vinícola Castelo Medieval Chateau Lacave

Inaugurado em 1968, a Vinícola Castelo Medieval Chateau Lacave é um belíssimo ponto turístico de Caxias do Sul, que mais parece um parque.

Sua construção remete a um castelo do século XI, e aqui o local foi feito como homenagem pelo empresário espanhol Juan Carrau.

Por isso, quando passar um tempo por lá, aprecie cada detalhe, pois por ali você encontra uma estrutura impressionante, como um castelo de verdade.

Assim, no entorno do Lacave está um lago e, é claro, a estrutura de um parque, ideal para passeios tranquilos.

E, sim, tem uva por todos os lugares, pois também é, além de castelo, uma vinícola.

Aproveite seu passeio nesta mistura de parque, museu, castelo e vinícola. É uma das melhores atrações de Caxias do Sul.

Parque Cinquentenário

Outro parque tão belo quanto gostoso de caminhar, o Parque Cinquentenário conta com estrutura perfeita para curtir a natureza.

Ali, as crianças poderão aproveitar os 2,5 hectares de área para brincar, andar de bicicleta e desfrutar do visual das gigantescas araucárias.

Caxias do Sul vale a pena mesmo? Confira os prós e os contras!

É praticamente unanimidade que Caxias do Sul seja uma cidade gostosa para viajar.

Mas, se você ainda têm dúvidas, lembre-se de cada detalhe que conheceu até agora.

Ali estão detalhes como os melhores parques e as áreas verdes mais belas.

Com isso, vai de museu a roteiros de caminhadas e estradas imperdíveis, com visual simplesmente inesquecível.

Como pontos negativos, o tamanho da cidade afasta o agito, então, se você está em busca disso, outras cidades são melhores, como Gramado e Canela.

Onde Comprar os Ingressos para Canela com Desconto?

Viu todos os detalhes e decidiu que os passeios em Canela valem a pena? Agora é a hora de garantir seus tickets com um preço diferenciado.

A Brocker Turismo é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências na Serra Gaúcha, 100% confiável.

Além de oferecer centenas de atrações diferentes, ela consegue um preço único e abaixo do mercado para você conhecer os principais passeios de Gramado – podendo ser pagos em até 12x.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos para alguns locais da cidade.

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 15 de abril de 2021.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Foto de capa por René Rossi (Flickr).