o que fazer em Bento Gonçalves

O que Fazer em Bento Gonçalves? Os 15 Melhores Passeios e Pontos Turísticos da Região

Compre seus Ingressos
Só Ingressos
Referência em turismo e receptivo na Serra Gaúcha, com dezenas de atividades
PONTOS POSITIVOS:
  • Parcelamento para parques e jantares em até 10x sem juros
  • Antecipe seus ingressos, economize e evite perder tempo com filas gigantes!
Só Ingressos
Leitores do nosso site tem descontos!

Tudo o que você precisa saber da Serra Gaúcha você encontra em Bento Gonçalves.

Esta é uma das cidades mais famosas e charmosas do circuito, o que significa que você vai encontrar muita coisa para fazer por lá.

Esse conhecido destino do Rio Grande do Sul oferece passeios de Maria Fumaça, visitas e degustação de vinho em uma série de vinícolas, como a Casa Valduga ou Vinícola Miolo – ambas no Vale dos Vinhedos -, além de outros roteiros para se fazer a dois ou com a família, como o Caminho das Pedras.

Antes de arrumar as malas e partir para a sua viagem, que tal conhecer um pouco mais sobre a cidade, seus costumes e locais históricos e culturais, além, é claro, dos principais pontos de degustação de vinhos e afins?

Bento Gonçalves fica a 121 quilômetros da capital Porto Alegre, e a apenas 40 quilômetros de Caxias do Sul, que é a segunda maior cidade do Rio Grande do Sul.

Caxias tem um aeroporto com voos regulares a partir de Rio de Janeiro e São Paulo, por exemplo.

Apesar de ser uma cidade pequena, Bento Gonçalves merece ser apreciada como o melhor de seus vinhos.

Além disso, caso você vá para outras cidades da Serra Gaúcha também, fica a dica aqui do que aproveitar melhor.

Então, vamos à lista! Conheça as 15 melhores opções sobre o que fazer em Bento Gonçalves.

Você já tem viagem marcada para Gramado?

Sim

Não

O que Fazer em Bento Gonçalves? As 15 Recomendações de Atrações e Passeios

Essa é uma lista com os principais pontos turísticos da cidade.

Existem outras ótimas opções para visitar na cidade e caso um passeio que você ama, não estiver na lista, mas mesmo assim você quiser recomendar, é só deixar um comentário logo após o conteúdo.

1. Os passeios de Maria Fumaça e a tradição colonial

trem maria fumaça

Um dos principais passeios de Bento Gonçalves são as diversas rotas traçadas pelos trens Maria Fumaça, os quais homenageiam os tempos coloniais com estilo e conforto, além de proporcionar a você uma vista incrível.

Você vai poder andar de trem como se fazia há cerca de 100 anos, e o mais legal é que pode escolher somente o trajeto de Maria Fumaça ou o mesmo passeio com diferentes paradas: de vinícolas tradicionais da região às malharias.

Dessa forma, você tem um dia inteiro aproveitado com imersão em uma cidade tão rica culturalmente quanto sua colonização italiana, que coloca aqui seu tempo para ser investido de maneira preciosa.

O passeio de Maria Fumaça dura cerca de duas horas, com possibilidade de extensão, de acordo com a parada.

Há duas opções de trajeto. Em um deles, você sai de Bento Gonçalves e viaja até Carlos Barbosa. No outro, o caminho é inverso, saindo de Carlos Barbosa e chegando a Bento Gonçalves. No meio, há a cidade de Garibaldi.

Em cada uma das cidades, os viajantes param para acompanhar uma pequena apresentação na estação de trem, ocasião em que é possível fazer muitas fotos com personagens paramentados ou comprar lembranças do local.

Em Bento Gonçalves, junto à estação de trem, há o Parque Cultural Epopeia Italiana.  São dois mil metros de área coberta e nove cenários, onde os turistas podem viver a Epopeia Italiana dos imigrantes que chegaram à região.

Para comprar o seu ingresso, não deixe para quando chegar à cidade, pois assim você pode evitar filas. Você pode garantir seu ingresso com preços promocionais no botão abaixo.

2. Vale dos Vinhedos

Uma viagem a Bento Gonçalves não estará completa se o roteiro não incluir uma visita (com tempo!) ao Vale dos Vinhedos.

A região inclui algumas das melhores vinícolas da região, desde grandes – conhecidas no Brasil todo – até outras menores, mas capazes de servir um vinho inesquecível.

Entre as atrações encontradas no local estão a Vinícola Miolo e a Casa Valduga, além de Lídio Carraro e Dom Luigi, entre outras.

Há ainda o Spa do Vinho – um hotel boutique encravado no Vale dos Vinhedos e que fica a apenas quatro quilômetros do centro de Bento Gonçalves – e o Villa Michelon, primeiro hotel a se instalar por lá.

Vale lembrar que a cidade é conhecida como a “capital do vinho”.

E se a dúvida é o que fazer em Bento Gonçalves, além do próprio Vale dos Vinhedos é possível tomar um bom vinho – ou um ótimo suco de uva para as crianças ou para quem não for adepto do álcool – em vinícolas encontradas, por exemplo, na Rota Cantinas Históricas, que abordaremos mais adiante.

3. Parque de Aventuras Gasper

Concentrado em Bento Gonçalves, o Parque de Aventuras Gasper é aquela atração que chama atenção da galera com maior vontade de praticar esportes em meio à natureza.

Seu ingresso custa R$ 5, com estacionamento incluso, e a partir de sua entrada você tem a vastidão da natureza para curtir atividades como escalada artificial, arvorismo, estilingue, tirolesa, rapel e outros tantos, todos pagos.

Há, também, paintball, cobrado por pessoa (com a recarga inclusa), além de arco e flecha.

Ou seja, há atividades para todos os gostos e curiosidades, e o parque fica aberto todos os dias, das 09:00 às 18:00 horas, independente do clima.

4. Vinícola Aurora

Vinícola Aurora

Que tal desfrutar da história e conhecer um pouco mais da produção de uma das vinícolas mais tradicionais e famosas do Brasil?

A Vinícola Aurora está de portas abertas, sendo um dos destaques em Bento Gonçalves.

Dos vinhos prontos para compor a mesa de todo brasileiro às bebidas mais específicas, com sabores distintos e elegantes, a Aurora se tornou conhecida por ser a maior produtora do país, o que significa que sua distribuição é sem igual.

Desde 1875, quando uma família italiana chegada ao Brasil, a vinícola encontrou na Serra Gaúcha o território perfeito para a plantação de suas uvas.

Ela abriu suas portas em 1931.

Você pode experimentar as diferentes bebidas, assim como conhecer mais sobre as uvas e a fermentação delas até chegar às que você já conhece.

A Vinícola Aurora fica na Rua Olavo Bilac, 500, e abre suas portas de segunda a sábado, das 08:15 às 17:15 horas; e aos domingos, das 08:30 às 11:30 horas.

5. Casa da Ovelha

A Casa da Ovelha é um lugar único, localizado em Bento Gonçalves, o qual possibilita a você conhecer tudo sobre a criação de ovelhas e de falcoaria.

É aqui que você vai conhecer como uma ovelha é criada, como sua lã pode ser colhida de forma saudável e responsável, assim como a produção de seu leite e dos produtos derivados dele.

Além disso, há um criadouro especial de falcões e corujas, no qual você conhece sobre as diferentes espécies que há no local, e como é a criação deles.

O passeio começa (e pode terminar) em uma loja de souvenires, na qual fica a bilheteria, e também os produtos derivados da criação de ovelhas. Para os pequenos, há interação e até mesmo a possibilidade de tosquiar lã.

O local funciona de todos os dias, das 09:30 às 17:30 horas, e fica localizado na Rodovia Linha Palmeiro, 400.

casa da ovelha

6. Salton

Esta é a Família Salton, produtora de bebidas alcoólicas reconhecida mundialmente pela qualidade de seus produtos e pela inovação colocada em cada um deles.

A história começou na Itália em 1878, mas no Brasil, foi em 1910 que o processo começou a ganhar forma e, em poucos anos, se tornou referência tanto na região quanto pelos apreciadores de vinhos e espumantes.

De geração em geração, a família transmite a mesma paixão por sua história, algo que você sente logo quando pisa no local. Aliás, para conhecer a Salton, você pode escolher por três tours: intenso, gerações e da vindima.

Cada um deles guarda especificidades sobre a produção local, a qual você acompanha e tem direito a degustar das bebidas apresentadas em seu passeio.

Não se preocupe: se quiser mais, tem uma loja só para isso.

Seu endereço é Rua Mario Salton, 300, e o local abre às terças-feiras, além dos tours programados, das 09:00 às 10:00 horas.

7. Caminhos de Pedra

Como a imigração italiana na região de Bento Gonçalves data do final do século XIX, é claro que suas construções e cultura são provenientes daquele país.

Isso fica evidente nas ruas, no sotaque das pessoas e na qualidade de sua gastronomia.

É por isso que o roteiro Caminhos de Pedra é um dos mais procurados, pois seus 12 km de extensão são justamente a síntese de tudo isso: um pouco da Itália no sul do Brasil.

Partindo de Bento Gonçalves, você poderá passar por diversos estabelecimentos comerciais e restaurantes, os quais contam a história da região tanto por seus produtos e alimentos quanto por seus próprios donos.

Isso porque o atendimento geralmente é feito pela própria família proprietária do local, o que pode gerar conversas bastante interessantes. Não hesite em conversar!

O destino oferece, entre suas atrações, a Casa do Tomate e a Casa das Cucas Vitiaceri.

É também aqui que você encontra a Casa da Tecelagem. Instalada em um casarão restaurado de madeira de 1915, ele mostra aos visitantes um pouco da história de como a tecelagem artesanal era praticada por parte dos imigrantes italianos.

Nos fundos do casarão, funciona um ateliê que produz xales, cachecóis e outras peças em lã que podem ser adquiridas pelos visitantes.

Você pode contatar uma agência de turismo ou adquirir seu ingresso para este passeio pela internet, o que é muito mais confortável.

Isso porque são muitos detalhes que você pode perder se decidir ir por conta própria.

Os detalhes fazem toda a diferença aqui, pois há diversos casarões, fazendas, riachos e jardins que têm histórias diferentes e únicas, e que merecem ser conferidas e contadas por alguém que conhece a região.

Caminhos de Pedra

8. Casa da Erva Mate

Aliás, é justamente no roteiro Caminhos de Pedra que você encontrará preciosidades como esta, a Casa da Erva Mate.

Trata-se de um casarão localizado ao lado de um moinho, ambos construídos em 1884, e hoje conta a história da planta e de seu consumo desde então.

Utilizada pelos índios, a erva-mate foi adaptada pelos italianos e passou a ser produzida em larga escala. Ali, no casarão, é feito um processo de produção artesanal, com o moinho fazendo sua parte para socar a erva até torná-la apta.

Há, também, demonstração de como a tradicional bebida gaúcha, o chimarrão, é produzida, podendo ser apreciada pelo visitante.

O local fica na Linha Palmeiro, 190, e funciona todos os dias, das 09:00 às 18:00 horas.

9. Ponte Ernesto Dornelles

Eis uma ponte cinematográfica. Inaugurada em 1942, a Ponte Ernesto Dornelles faz divisa entre Bento Gonçalves e Veranópolis, no vale do Rio das Antas, e é um deslumbre visual.

A maioria das pessoas que mora na serra gaúcha, porém, a chama por outro nome: Ponte dos Arcos, em alusão à sua forma.

Sua arquitetura é simples, mas poderosa, pois a simplicidade de seus arcos, cada um de um lado dela, ambos entremeados por ligações da mesma cor de toda a ponte, a torna um excelente plano de fundo para fotos.

Ela chega a ter 46 metros de altura sobre o rio das Antas, e 288 metros de extensão, grande o suficiente para tornar a vista do Vale do Rio das Antas enigmática diante de uma construção feita pelo homem em decorrência do imenso verde ao seu redor.

10. Monumento aos Imigrantes

Inaugurado em 2005, o Monumento aos Imigrantes é uma homenagem àqueles que saíram de seus respectivos países, seja por qual motivo for, e chegaram à região da Serra Gaúcha para encontrar um novo lar.

Localizado na praça Achyles Minancore, há destaque para esta construção em decorrência dos demais pontos turísticos do local, como a Igreja da Pipa.

É um bom ponto turístico para conhecer mais sobre a história de Bento Gonçalves e de sua colonização, sobretudo italiana.

Além do monumento, outro lugar para conhecer um pouco da epopeia italiana é o Museu do Imigrante. O local fica em um prédio construído há noventa anos e conta com cerca de 20 mil peças.

Ponte Ernesto Dornelles

11. Pipa Pórtico

Entrar na cidade de Bento Gonçalves já é especial.

Isso porque a Pipa Pórtico é a principal entrada da cidade, e tem o formato de uma gigantesca pipa, local no qual ficam armazenados os vinhos da região.

Inaugurado em 1985, este símbolo transforma Bento Gonçalves em um lugar ainda mais especial, sobretudo para os amantes de vinhos e bebidas relacionadas.

As vinícolas se tornam mais atraentes aos turistas.

Ela tem 17 metros de altura, o que a torna fácil de ser localizada à distância, e é perfeita para fotografias dos mais apaixonados turistas, ou seja, todos que chegam a esta cidade.

Um ponto simples e muito recomendado para quem busca o que fazer em Bento Gonçalves.

12. Igreja Matriz Cristo Rei

Não sabe onde encontrar alguém em qualquer cidade do país? Basta pedir para se direcionar até a igreja matriz. Em Bento Gonçalves, isso não é diferente.

Como o restante da cidade, até mesmo este ponto é belo e peculiar.

A Igreja Cristo Rei possui construção gótica, o que a torna muito diferente das comumente vistas ao estilo barroco, no restante do país. Além disso, suas cores, que vão de diferentes tons de bege, são exceções à regra.

Com os vitrais e torres dando a aparência de estarem esticados em direção ao céu, esta construção de 1954 é um dos principais pontos turísticos de Bento Gonçalves, algo tão belo quanto historicamente fundamental.

A igreja fica na Praça das Rosas, que também é um belo lugar para se incluir no passeio por Bento Gonçalves.

Igreja Matriz Cristo Rei

13. Igreja São Bento

No formato de uma pipa, local no qual se armazenam os vinhos da região, a Igreja São Bento foi inaugurada em 1984 e conta com arquitetura no mínimo peculiar.

Sua estrutura é toda diferente das demais igrejas, mesmo as mais originais da região, o que por si só é um marco que homenageia a vocação de Bento Gonçalves para a produção de vinhos.

Ela tem pouco mais de 13 metros de altura, com 64 colunas de concreto, homenageando, também, os italianos que chegaram à região e a transformaram por completo.

Por dentro, a decoração é sacra, como é de se esperar, mas também há elementos com temática da vinicultura, além do santo que a nomeia.

Ela fica na mesma praça do Monumento aos Imigrantes, assim, você já mata 2 itens da lista “o que fazer em Bento Gonçalves” de uma vez só.

Funciona de segunda a sábado em dois horários: das 08:00 às 11:00 horas, e das 14:00 às 18:00; aos domingos, é aberta das 14:00 às 18:00 horas.

14. Chafariz de Vinho

Outro ponto turístico de Bento Gonçalves que homenageia sua vinicultura é o Chafariz de Vinho, localizado na Rua Marechal Deodoro, no centro da cidade.

O “La Fontana”, nome oficial do chafariz, foi inaugurado em 1990 para comemorar os 125 anos da cidade, e retirado em 2012, mas voltou ao local original e, com sua água na cor de vinho, é um belo ponto de referência aos turistas de plantão.

Ele faz parte do tour pela Via del Vino, parte do centro de Bento Gonçalves que simboliza o passado e o presente dessa cidade.

Entre as atrações estão construções históricas, que remontam ao início da colonização pelos imigrantes italianos. O prédio da prefeitura, por exemplo, é datado de 1901, enquanto que o Santuário de Santo Antônio é datada de 1894.

15. Rota Cantinas Históricas

Fora da área urbana, no distrito de Faria Lemos, está a Rota Cantinas Históricas.

Esse passeio retrata muito a história da imigração italiana no Rio Grande do Sul.

Vinho, suco de uva, belas paisagens e uma pousada instalada em uma casa histórica de imigrantes italianos, que remonta ainda ao século XIX, são algumas atrações deste destino.

A pousada fica na localidade rural da Linha Eulália, a apenas 4 quilômetros do centro de Bento Gonçalves.

No local está instalada também a vinícola Dal Pizzol e vinícola Cristofoli.

Há também atividades mais simples que podem ser feitas aqui: ir ao MonteVino para apreciar a vista deslumbrante do lugar.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Gostou de alguma recomendação e quer reservar algum dos melhores passeios de Bento Gonçalves?

A Brocker Turismo é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências na Serra Gaúcha, 100% confiável.

Além de oferecer centenas de atrações diferentes, ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios de Gramado – podendo ser pagos em até 12x.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos para alguns locais da cidade.

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 8 de maio de 2021.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Quais são as melhores atividades ao ar livre em Bento Gonçalves?

O Parque de Aventuras Gasper é excelente opção para atividades ao ar livre em Bento Gonçalves, enquanto o Caminho das Pedras merece ser explorado em sua extensão de 12 km.

Quais são as melhores viagens de um dia saindo de Bento Gonçalves?

Visitar a Casa Aurora e a Família Salton faz parte das melhores viagens de um dia saindo de Bento Gonçalves, mas o Caminho das Pedras merece ser explorado no decorrer de um dia, assim como o passeio de Maria Fumaça.

Quais são as atividades para crianças mais conhecidas em Bento Gonçalves?

As crianças vão se divertir com a Maria Fumaça, podendo admirar a paisagem e saindo do lado virtual de suas vidas. Da mesma forma, a Casa da Ovelha é perfeita para os mais novos, pois eles podem interagir com os animais.

Quais são as melhores atrações para visitar em Bento Gonçalves?

As melhores atrações para visitar em Bento Gonçalves começam pelo passeio de Maria Fumaça e sua variedade de combinações. Já o Parque de Aventuras Gasper é uma ótima pedida aos esportistas de plantão.

A Casa Aurora e a Família Salton são opções ideais para quem quer conhecer mais sobre a produção de vinhos e espumantes em duas das mais tradicionais empresas do segmento no país.

Já a Casa da Ovelha e a Casa da Erva Mate contam a história de Bento Gonçalves e o seu lado de produção de artigos baseados em animais e plantas. O Caminho das Pedras é obrigatório para quem quer conhecer mais sobre a história da imigração italiana, assim como o Monumento aos Imigrantes, Igreja Matriz Cristo Rei e Igreja São Bento.

A Ponte Ernesto Dornelles é perfeita para fotos, da mesma forma que a entrada Pipa Pórtico e o Chafariz de Vinho.

cidade-de-gramado

Quer Economizar Muito em Gramado?

A Só Ingressos oferece os ingressos das melhores atrações da Serra Gaúcha.

Garanta descontos e evite filas!