Cânion Itaimbezinho

Cânion Itaimbezinho Vale a Pena Conhecer? Tudo o que você precisa saber!

Tour com Piquenique
Cânion Itaimbezinho
Faça um tour pelo Cânion em Cambará, com direito a Piquenique e transporte
PONTOS POSITIVOS:
  • Lugar fantástico para quem ama curtir a natureza
  • Ótimo para quem gosta de caminhar e fazer trilhas, existem ótimas opções
Cânion Itaimbezinho - Melhor preço encontrado na Brocker Turismo

Atrações voltadas ao ecoturismo são as queridinhas da Serra Gaúcha, região do Rio Grande do Sul composta por diversas cidades pequenas que, em meio à natureza, oferecem estrutura a quem busca conhecer melhor o interior do estado.

Mas, mais do que um lugar para dormir, essas cidades têm história, cultura, gastronomia e muita diversão, o que é o combo perfeito para aproveitar a natureza.

Para além das tradicionais cidades turísticas, como Gramado e Canela, se você vai à Serra Gaúcha em busca de aventura, então, é bem provável que já tenha escutado falar sobre o Cânion Itaimbezinho.

Trata-se de destino certo para quem quer viagens e experiências um pouco mais desafiadoras e não se importar com turismo a pé. Quem já foi, tem as melhores avaliações possíveis.

Localizado no município de Cambará do Sul, esse é o lugar que vai te proporcionar o incrível visual da região serrana.

Além disso, se precisar, a cidade conta com muitas outras atrações para te entreter, estrutura com hotel e pousada para relaxar e te trazer muita informação.

Para te apresentar mais detalhes, fizemos uma análise sobre a região, sobre o Parque Nacional Aparados da Serra e sobre o Cânion Itaimbezinho.

O conteúdo tem o olhar de quem já conheceu o lugar e quer trazer para a sua viagem mais oportunidades para se divertir por lá.

O que é e como funciona o Cânion Itaimbezinho no Rio Grande do Sul?

O Cânion Itaimbezinho é uma das maravilhas naturais encontradas no Rio Grande do Sul, na cidade de Cambará do Sul. Ele está localizado no Parque Nacional Aparados da Serra.

Isso significa que, para chegar até ele, muita gente atravessa o país para poder curtir o visual desse lugar, cuja vista parece infinita, mas que chama a atenção especificamente pelo cânion.

Originalmente, o parque foi habitado por tribos. O nome do local, aliás, vem do tupi-guarani: “ita” significa pedra, enquanto “aimbé” quer dizer cortante e afiada. E a formação dos enormes paredões de rocha parece justamente isso.

O Parque Nacional de Aparados da Serra hoje em dia é um ponto de reserva ambiental que recebe turistas de todo o mundo de forma responsável e consciente.

Por isso, se você está querendo conhecer o Cânion Itaimbezinho, reserve um dia inteiro de sua viagem, pois, além de distante de qualquer centro urbano, é um lugar que carrega consigo uma quantidade enorme de causos e contos relacionados à natureza e ao que ela representa para o país.

Não é obrigatório contratar um guia para visitar o parque, mas isso pode ser uma boa opção. Até porque, algumas das trilhas só podem ser feitas com a companhia de um guia.

cânion rio grande do sul

O que esperar e como aproveitar melhor esse passeio em Cambará do Sul?

Para aproveitar muito bem seu passeio, o primeiro passo é se preparar para uma viagem longa. Mas isso não significa que ela é ruim, pois, na verdade, o visual da estrada já vai te adiantar muito do que esse lugar reserva e te dar garantia que será um dia repleto de fotos inesquecíveis.

Se você já estiver em Cambará do Sul, a dica é: vá cedo e preparado ao parque nacional, ou seja, vá alimentado e confortável. Mas isso a gente te explica mais adiante.

O que você precisa saber sobre o lugar para poder aproveitar melhor a visita é que o cânion do Itaimbezinho tem 5,8 km de extensão, o que é praticamente infinito para a vista de qualquer pessoa.

Além disso, ele conta com até 720 metros de profundidade, e 600 metros de largura.

Muitas pessoas vão ao parque nacional para curtir o visual, mas outras tantas querem se aventurar, o que é possível fazer curtindo as trilhas locais, que se dividem em diferentes graus, de acordo com o nível de preparo físico de quem estiver disposto a enfrentá-las.

Trilhas: Parque Nacional de Aparados da Serra e Trilha do Cotovelo

Fora o próprio cânion do Itaimbezinho, o Parque Nacional de Aparados da Serra tem outros atrativos para quem tiver fôlego – e ainda não o perdeu com a vista!

A região, coberta por Mata Atlântica, oferece três trilhas para exploração dos visitantes.

São percursos para serem feitos a pé tanto para quem nunca fez trilhas quanto para quem já está habituado a elas.

Uma das mais procuradas – até por ser a mais curta delas – é a Trilha do Vértice. Seu 1,4 quilômetro de extensão pode ser percorrido em cerca de 45 minutos. O trajeto da Trilha do Vértice é considerado de nível fácil e possui três mirantes para encantar os visitantes.

No primeiro deles, o viajante pode fazer fotos da Cascata das Andorinhas, cuja queda d’água, formada pelo arroio Perdizes, tem 300 metros de profundidade.

No segundo mirante da Trilha do Vértice, vê-se a Cascata Véu de Noiva. Aqui, a queda d’água chega a 500 metros! As águas que formam a cascata vêm do arroio Preá. É esse curso d’água que ajuda a formar o rio do Boi, outra das atrações do parque.

O terceiro mirante, por sua vez, oferece a vista das duas cascatas e o início do Itaimbezinho. O viajante irá perceber que ele tem formato em “V” – e é isso que deu origem ao nome  Trilha do Vértice.

Outra trilha famosa é a Trilha do Cotovelo. Mas, nessa, o viajante vai precisar demonstrar preparo físico e força no pé.

Isso porque ela tem 6,3 quilômetros de extensão. São necessárias, em média, duas horas e meia de caminhada. Apesar disso, também é considerada de nível fácil.

Dois terços do trajeto são feitos através de uma estrada muito usada no passado para se passar pelos Aparados da Serra. O restante, que provavelmente você considere o mais legal pela paisagem deslumbrante, é feito pela borda do cânion.

Essa trilha também tem um mirante, e aqui o visitante certamente irá fazer muitas fotos. Isso porque é o local que permite que se faça a imagem clássica dos paredões do Itaimbezinho, com o percurso do rio do Boi no meio.

Por fim, há a Trilha Rio do Boi.

Essa é a mais longa e difícil das trilhas. Ao todo, são 8,3 quilômetros de extensão, cujo passeio só pode ser feito na companhia de um guia credenciado.

O acesso à Trilha Rio do Boi se dá pelo lado de Santa Catarina, através da Praia Grande.

A caminhada se dá na parte de baixo do Itaimbezinho, pelo seu interior. O percurso é, literal e figurativamente, pedregoso. Mas as cerca de sete horas necessárias para cruzar a Trilha do Rio do Boi valem cada minuto.

Além da beleza, no verão o passeio possibilita banhos em cachoeiras e piscinas naturais. Sem contar que os viajantes percorrem uma trilha entre paredões de pedra com 700 metros de altura! Haja espaço no celular para tantas fotos!

Onde fica e qual é o horário de funcionamento?

Apesar de ser possível ir ao parque nacional de Cambará do Sul desde que esteja aberto, uma boa dica que poder te dar é que você faça contato, busque informações e providencie agendamento no site oficial.

Isso evita lotações desnecessárias de um lugar que é, na verdade, para ser preservado.

Além disso, devido à pandemia, o cânion Itaimbezinho está operando com capacidade reduzida. O total de público está permitido para apenas 40% do tradicional. A quantidade de carros que podem ficar no estacionamento também está reduzida.

Aberto de terça a domingo, seu horário de funcionamento é das 08:00 às 17:00 horas, então não é o tipo de lugar para apreciar o nascer ou o pôr do sol, tendo em vista que é bem provável que você se perca sem monitoramento por lá.

Algumas atrações têm horários específicos.

O acesso à Trilha do Cotovelo, por exemplo, pode ser feito no máximo até às 15h. Para conhecer a Trilha do Rio do Boi, por sua vez, o viajante deve chegar ao local antes das 13h. Depois disso, o acesso não é mais permitido.

Sobre a localização: o Parque Nacional de Aparados da Serra fica na parte mais oriental da divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina.

Para chegar até lá, é importante que você saiba primeiramente das distâncias: ele fica a 18 km do centro de Cambará do Sul (RS), município no qual está localizado. De Gramado, fica a 113 km; e, de Porto Alegre, 185 km.

O cânion Itaimbezinho fica na RS 427, dentro do Parque Nacional de Aparados da Serra.

Apesar de Cambará do Sul, na serra gaúcha, ser a cidade-base para quem quiser conhecer um dos mais famosos parques nacionais gaúchos, quem partir de Santa Catarina fará outro caminho. Nesse caso, o acesso se dá através da RS-020 ou pela BR-101. O percurso passa por Praia Grande via Serra do Faxinal.

Nesse caso, um conselho: não vá de bike, porque há um bom trecho cuja estrada, infelizmente, não ajuda.

visão geral com nuvens

O Cânion Itaimbezinho vale a pena mesmo?

Se você é o tipo de pessoa aventureira, que quer explorar em sua viagem e conhecer lugares inusitados e inesquecíveis, este é um dos melhores lugares para ir em todo o país.

A paisagem e o ambiente são os pontos altos daqui, pois se trata de uma apreciação de tudo o que ela pode proporcionar em seu estado natural.

Ao todo, a paisagem é composta por 13 mil hectares de bioma Mata Atlântica, com uma rica floresta de araucárias.

Além disso, nos meses de primavera e verão, a região recebe andorinhas e andorinhões, que chegam aos Aparados da Serra para escapar do inverno no Hemisfério Norte.

A ida dessas aves migratórias  proporciona um espetáculo à parte junto às Cachoeiras do Canyon Itaimbezinho.

Contudo, para ir, é necessário ter consciência de que você vai precisar levar alimentos para não passar fome, além de um kit de primeiros socorros, em último caso, e roupas extras, todas confortáveis.

Devido à extensão e à necessidade de longas caminhadas, o uso de óculos de sol e, principalmente, de protetor solar é quase que uma obrigatoriedade.

Essas são formas de se precaver diante de qualquer possibilidade, tendo em vista que estará em um lugar distante da cidade mais próxima – ou do centro de Cambará do Sul.

Se tiver consciência e preparo disso tudo, o Cânion Itaimbezinho vale muito a pena.

Veredito

Conhecer o melhor da natureza gaúcha, o mais puro ar e a vista espetacular que o Cânion Itaimbezinho proporciona vale a pena por diversas razões.

Essa parte da região sul, entre Cambará do Sul e Praia Grande, é uma área quase intocada, o que significa que as divisas de estado e de países próximos te darão a sensação de estar em um lugar muito longe de casa, perfeito para se aventurar.

A paisagem, com o canyon do Itaimbezinho formando enormes paredes de pedra, certamente é o principal atrativo, e os diversos mirantes à disposição no local tornam esse passeio uma experiência inesquecível. Você pode fazer (quase) tudo sozinho, mas optar pela companhia de um guia da região talvez seja uma boa dica.

Há, também, a possibilidade de comer e se hospedar na região de Cambará do Sul, cidade base para quem vai em busca dos cânions do parque.

A primeira opção vai te trazer o tempero gaúcho ao máximo de sua concepção, o que significa que os ingredientes serão sempre frescos e o toque, caseiro.

A segunda tem mais a ver com a visão do que estará ao seu redor, como as montanhas e vales preservados e, dependendo da época em que viajar, o frio ou o calor sempre acompanhados de belíssimas fotos.

Onde Comprar os Ingressos para Gramado com Desconto?

Viu todos os detalhes e decidiu que o passeio vale a pena? Agora é a hora de garantir seus tickets com um preço diferenciado.

A Brocker Turismo é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências na Serra Gaúcha, 100% confiável.

Além de oferecer centenas de atrações diferentes, ela consegue um preço único e abaixo do mercado para você conhecer os principais passeios de Gramado – podendo ser pagos em até 12x.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos para alguns locais da cidade.

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 15 de abril de 2021.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.